Bichas, o documentário

bicha_9071

Quatro amigos estavam nas ruas de Recife (PE) quando um motoqueiro apontou uma arma para eles e disse: “Bando de bicha, eu vou atirar no cu de vocês”. Quando um deles respondeu (“Atira, então. Mas saiba que ainda existe muito mais bicha por aí. E você vai ter que aceitar”), o publicitário Marlon Parente percebeu que não dava mais para ficar calado. Que era importante revidar e dar “a cara a tapa”.

Assim surgiu “Bichas”, com os depoimentos de Bruno Delgado, Igor Ferreira, Italo Amorim, João Pedro Simões, Orlando Dantas e Peu Carneiro. Juntos, os meninos contam suas histórias e como passaram a resignificar a palavra “bicha” como algo positivo.

Esse filme fala, antes de tudo, de amor. Para ser mais exato: de amor próprio. A palavra BICHA vem sendo usado de forma errada, como xingamento. Quando na verdade, deveríamos tomar como elogio. Ser bicha é correr o risco de ser agredido pela ignorância. Resistimos para nos proteger, resistimos para vencer. Ser bicha é ser livre. Não vamos deixar que nos vençam. Não mesmo!

Reserve 40 minutos de seu tempo e assista.

 

O Fim do Mundo

e2016813-6d2e-45ee-a4bf-1c86a3c3d496

Queridos aliens,

Bem vindos ao Planeta Terra! Não sei dizer há quanto tempo nós, humanos, fomos extintos. Porém nós ignoramos diversos sinais do fim do mundo. Como não fomos muito inteligentes nesse ponto, eu estou deixando esse vídeo aqui para que vocês aprendem com nossos erros e não deixem passar sinais tão óbvios de que o fim está próximo.

Boa sorte e cuidem bem da Terra!

Você não é Gorda

real-woman-2Abaixo o padrão de beleza! Somos mulheres reais e com corpos reais!

Alguém te chamou de gorda? Você viu uma foto de uma modelo, se comparou com ela e agora está deprimida?

Que tal fazer um pequeno exercício e mudar sua forma de se ver?

Eu tive a sorte de me cercar de mulheres, em especial de dançarinas, que respeitam seus corpos e que me ensinaram a amar minhas curvas, mesmo com uma barriguinha saliente. Então esse vídeo é dedicado à todas elas, em especial à Bela Saffe e as lindas Kairetes e Mafagafas que me provam sempre que somos divas com qualquer corpo.

Dia dos Namorados e você aí, solteira…

O mundo caiu! O Dia dos Namorados está chegando e você está na rua da amargura, solteira e largada… abandonada, coitada! Tem gente que pensa isso de você… Mas, me diz, porque é mesmo que você está solteira?

*** Tem alguns meses que venho pensando em fazer alguns vídeos para o blog. Esse é o primeiro. Espero que gostem.

Monica Lewinsky e o preço da humilhação

Depois de quase 20 anos, Monica Lewinsky resolveu quebrar o silêncio e falar sobre o que aconteceu em 1998, quando se envolveu com o Presidente dos EUA. Ela se caracteriza como “paciente zero” em um mundo onde o cyberbullying se tornou recorrente.

Monica Lewinsky fala sobre o medo de seus pais em relação ao suicídio e conta a história de um rapaz americano que, em 2010, usou dessa saída quando um vídeo seu com seu namorado foi exposto na internet.

Na palestra da ex-estagiária mais famosa da década de 1990, ela fala sobre o poder da humilhação e que aquilo que a salvou foram as palavras de conforto e a empatia de seus familiares, amigos e até de desconhecidos.

Pergunto-me se o caso dela tivesse acontecido hoje, se não teria um fim diferente.

Ative a legenda em português e assista a palestra de Monica Lewinsky na integra.